Dica para PDI: Recuperar Projeção de um Raster

1

Download do Tutorial

Escolha um dos formatos abaixo:

Alguns aplicativos gráficos como Photoshop e Gimp possuem ferramentas bem amigáveis para manipulação de histograma e edição de imagens, porém esses aplicativos eliminam a referência espacial inserida no cabeçalho do raster após a edição. Se você salvar um arquivo GeoTIFF em qualquer aplicativo gráfico como estes citados, seu arquivo raster espacialmente posicionado perderá sua posição original e será armazenado como um simples formato de imagem TIFF. Esta é uma das razões pela qual esses aplicativos são pouco utilizados durante as tarefas de PDI.

A solução mais eficaz seria armazenar a informação que corresponde ao posicionamento da imagem através de arquivo externo de texto, os conhecidos arquivos Worldfile. Para os que possuem a licença do aplicativo Geographic Imager para Adobe Photoshop, esta questão é facilmente contornada, pois o raster será exportado com o header original. Já o Gimp ou mesmo o Photoshop sem Geographic Imager não possuem esta funcionalidade até a presente data em que este tutorial foi escrito. Logo, você vai precisar gerar esse arquivo Worldfile se for do seu interesse trabalhar com esses softwares gráficos.

Este tutorial é um resumo das técnicas empregadas para recuperar a posição espacial de dados raster no ERDAS , ENVI, GDAL e Quantum GIS. Algumas técnicas para recuperar posição espacial através de arquivos TFW são bem antigas e serão revistas cada uma nos seus próprios posts.


Dúvidas e sugestões podem ser enviadas para o e-mail contato@processamentodigital.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA