ArcGIS Desktop versão 60 dias chega ao fim. E agora?

6

O rumor inesperado se concretizou: a partir do segundo semestre de 2017, a empresa ESRI suspendeu o download do ArcGIS Desktop versão 60 dias. A partir de agora, somente a versão profissional está disponível para testes. A iniciativa da empresa ajudou por muito tempo grupos de curiosos, estudantes e simpatizantes da ferramenta a ampliar os seus conhecimentos com base em centenas de algoritmos de uso recorrente em Geoprocessamento, Sensoriamento Remoto, Banco de Dados e Desenvolvimento de Software, mas nem tudo está perdido: no lugar da ferramenta gratuita por dois meses, os usuários poderão realizar o download e experimentar a ferramenta ArcGIS Pro.

AGSPro_Splash

Apesar de ser outro programa, o ArGIS Pro chama a atenção por suportar a arquitetura 64 bits e por ser compatível com o Python 3.0, além da capacidade de ser instalado ao lado de qualquer instalação do ArcGIS Desktop. O período de teste é o seu ponto mais fraco: se comparado ao seu irmão mais velho, ter apenas 21 dias para testar o programa é realmente uma grande surpresa por parte da ESRI.

6 Comentários

  1. Luiz Amadeu Coutinho

    A ESRI forçar o ArcGIS Pro como uma solução “alternativa” ao AcMap p mim foi um desastre. Lento e dependente de conexão a internet.

  2. Acredito que a Esri não apostou no melhor caminho, a mesma tem perdido mercado e suas ferramentas estão cada dia mais em desuso, me desculpem mas não vale a pena pagar um valor absurdo por um software sendo que a sua principal concorrente faz parte da comunidade de softwares livres de código aberto (FOSS)… Melhor abrir o olho, porque como dizem: “De graça é mais gostoso”.

  3. Milena Nunes Bernardes Goetz

    Olá….. Gostaria de saber se é possível realizar uma classificação de imagem no Arcgis Pro com a ferramenta – training sample manager-, uma vez que estava desenvolvendo no Arcmap (Trial) e agora não é mais possível. Obrigada!

  4. Boa tarde! Consegue-se georreferenciar e vetorizar imagens Tiff no ArcGis Pro?

DEIXE UMA RESPOSTA